Procurar Notícia


‘Não importa se no passado fomos adversários’, diz Lula sobre aliança com Alckmin

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (sem partido) fizeram neste domingo (19) a primeira reunião em meio a articulações de uma possível chapa para a disputa da Presidência nas eleições do próximo ano.

O encontro ocorreu em um restaurante na capital paulista, que contou com cerca de 500 convidados. Entre eles políticos e o grupo de advogados Prerrogativas, organizador do evento.

Durante um discurso, Lula minimizou o passado de rivalidade com Alckmin e afirmou que a consolidação da aliança depende de qual partido o ex-governador vai se filiar após a saída do PSDB.

“Não importa se no passado fomos adversários. Se trocamos algumas botinadas. Se no calor da Hora dissemos o que não deveríamos ter dito. O tamanho do desafio que temos pela frente faz cada um de nós um aliado de primeira hora. […] Tenho que respeitar o Alckmin. Ele deixou o PSDB, ele ainda não tem partido, não sei qual partido ele vai se filiar. E quem vai dizer se a gente pode se jungar ou não é o partido dele e o meu partido. A gente tem que ter paciência”, disse Lula.

Próximo de concretizar sua filiação ao PSB, Alckmin afirmou ao Jornal Folha de S.Paulo que “um primeiro passo foi dado” para compor chapa com Lula.

“O processo está começando. Agora é hora de ouvir bastante, conversar bastante. É hora de grandeza política, espírito público e união. Vamos aguardar”, completou.

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) também esteve presente na reunião. Segundo o gestor estadual, ” independente de partidos, reconstruir o Brasil é uma tarefa para muitos, que só será possível com união”. (Bahia.ba)

0 comments:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*