Procurar Notícia


Paciente curado da Covid denuncia tentativa de “eutanásia disfarçada” pela Prevent Senior

A família de um paciente da Prevent Senior, operadora de saúde investigada na CPI da Covid, está acusando a empresa de recomendar um tratamento inadequado para o advogado Tadeu Frederico de Andrade, de 65 anos. Durante a sua internação, foi oferecido um tratamento paliativo, direcionado a pacientes incuráveis, enquanto ele não estava em estado terminal.

Tadeu foi curado da Covid-19 e encaminhou uma denúncia na última sexta-feira (24) ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP). Um dos documentos indica, ainda, que a médica da Prevent Senior teria sugerido, em prontuário, a suspensão de cuidados, como medicações e proibição de reanimação cardiorrespiratória, sem discutir com a família antes.

A denúncia foi encaminhada à CPI da Covid. Nesta segunda-feira (27), o senador Otto Alencar revelou que a comissão tem provas de que a Prevent Senior realizada “eutanásia disfarçada”. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*