Procurar Notícia

Em Pituaçu, Bahia e Ceará medem forças no 1º jogo da final da Copa do Nordeste

Chegou a hora de contar a história do campeão do Nordeste em 2021. A partir das 16h deste sábado (1º), a bola rola no estádio de Pituaçu para mais uma decisão entre Bahia e Ceará. Essa será a terceira briga pelo título entre os dois clubes nas últimas sete temporadas. Nas duas últimas, o Vozão levou a melhor.

O Esquadrão chega com um retrospecto negativo nas últimas partidas. São sete jogos sem vencer o alvinegro. Toda essa desvantagem, porém, não desmotiva o técnico Dado Cavalcanti. O pernambucano, que busca o seu primeiro título da sua região de origem, minimizou o passado e apontou a missão de fazer diferente.

“Retrospecto não entra em campo. Vamos procurar fazer o trabalho que estamos fazendo e construindo uma história com o grupo. Essa condição não será internalizada. Nossa dificuldade vai ser o confronto com o adversário, que tem um time qualificado, uma defesa expressiva. Estamos na busca de possibilidades para vencer esse confronto e trazer o troféu para Salvador”, afirmou.

Após não utilizar alguns jogadores por cansaço muscular diante do Guabirá no meio de semana, o Bahia deve chegar com força total. O lateral-direito Nino, o meia Rodriguinho e o atacante Gilberto treinaram normalmente e devem começar jogando. Quem também volta é o zagueiro Lucas Fonseca, recuperado da Covid-19.

O vírus, porém, segue tirando o goleiro Douglas do combate. Com isso, o jovem Matheus Teixeira, heroi da semifinal contra o Fortaleza, segue como titular.

O principal trunfo do Bahia é o ataque. Com uma eficiência de dar inveja aos adversários, a equipe já balançou as redes 20 vezes na competição. O camisa 9 Gilberto é o principal artilheiro, com sete gols marcados.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*