Procurar Notícia

Caso Gael: laudo aponta ferimentos causados por anel usado pela mãe

A polícia apreendeu um anel que pertenceria a mãe do menino Gael de Freitas Nunes, 3 anos, e a perícia apontou ferimentos que podem ter sido causados pelo objeto na testa da criança. Gael foi morto na segunda-feira (10), no apartamento onde morava com a família, no bairro da Bela Vista, na região central de São Paulo.

O pai afirmou à polícia ser separado da mãe há seis meses. Ele disse também que, no fim de semana, a criança não aparentava nenhuma anormalidade. Ele, juntamente com os vizinhos podem ser ouvidos novamente pelos policiais para dar mais detalhes sobre as circunstâncias da morte.

O depoimento de Andréia, mãe de Gael, encontrado morto dentro de apartamento, no bairro da Bela Vista, na região central nesta segunda-feira (10), durou mais de cinco horas. A mãe de Gael chegou por volta de meia-noite desta terça-feira (11) na 1ª Delegacia de Defesa da Mulher e deixou o local às 5h15 em uma viatura descaracterizada.

Segundo informações preliminares dadas por investigadores, a mãe descreve como foi todo o dia da família. Porém, nos minutos antecedentes da morte de Gael, a mulher para de falar.

Os policiais conversaram cerca de uma hora com o porteiro do prédio e também buscaram por imagens de câmeras de segurança do condomínio, que possam mostrar possíveis movimentações da família.

Andréia foi encontrada em estado de choque no apartamento. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital do Mandaqui, onde ficou internada sob escolta policial.

Após receber alta médica, a suspeita foi encaminhada à delegacia, onde prestou depoimento por mais de cinco horas. Posteriormente, Andréia foi levada ao Instituto Médico Legal (IML) Sul, passou por exames e foi encaminhada à carceragem do 89° Distrito Policial do Portal do Morumbi. (Fonte: R7)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*