Procurar Notícia


Bolsonaro volta a defender tratamento precoce e critica CPI: ‘Bateram muito no Queiroga’

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a defender o uso de medicamentos sem eficácia para o tratamento precoce da covid-19, durante live nas redes sociais nesta quinta-feira. Ele afirmou que o ideal é “continuar procurando um remédio para a questão do covid”.

“Quem não tem uma alternativa cala a boca, deixa de ser canalha. Quando tenho um problema de estômago eu tomo Coca-Cola e fico bom, é problema meu, o bucho é meu. Talvez a Coca-Cola tenha me salvado da facada Adélio”, comparou. “Estava com sintoma de uma possível reinfecção ,tomei ivermectina e no dia seguinte fiquei bom. Nunca vi ninguém morrer por usar hidroxiclorquina”, disse o presidente.

Na avaliação dele, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apura possíveis omissões do Governo Federal no combate à pandemia, pegou pesado com o atual ministro da Saúde Marcelo Queiroga, que prestou depoimento nesta quinta. “A CPI hoje bateu muito no Queiroga. Só queriam falar de cloroquina. Eu fui tratado com cloroquina e ponto final. Falei com vários senadores e no mínimo uns 10 usaram”, provocou. (bahia.ba)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*