Procurar Notícia

Bolsonaro questiona recuo na convocação de Malafaia à CPI: ‘Estão com medo dos evangélicos?’

A decisão do presidente da CPI da Covid no Senado de rejeitar a convocação do pastor Silas Malafaia pra depor foi ironizada pelo presidente da República, que questionou se o recuo se dava por medo dos evangélicos.

“Por que não convocam o Malafaia? Estão com medo do Malafaia?”, questionou Bolsonaro, que tem sido atacado pelos senadores de oposição na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga as ações do governo federal no combate à pandemia.

A convocação de Malafaia foi uma sugestão do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que se incomodou com as citações à sua família com conotações de acusação de cometimento de irregularidades.

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), aceitou a sugestão e apresentou requerimento para convocar o líder evangélico na condição de conselheiro, mas o presidente da CPI, Omar Aziz (PSD-AM), rejeitou a hipótese dizendo que Malafaia “é seguido por muita gente”.

“Vá plantar batata, CPI. Ele fala de muita coisa comigo. Convoca o Malafaia. Estão com medo do Malafaia ou estão com medo dos evangélicos? Vocês ficam aí partindo de intimidação para cima de quem vai depor”, criticou Bolsonaro.

De acordo com informações do portal Metrópoles, o presidente expressou confiança que, se Malafaia for convocado, não se deixará acuar: “Se bem que o Malafaia nunca será intimidado. Tenho certeza disso. Pelo seu caráter, pelo seu conhecimento. E acho que ele tem o que contribuir sim. Convoca o Malafaia, CPI. É um pedido meu”, encerrou Bolsonaro.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*