Procurar Notícia


Justiça aceita pedido de habeas corpus para Belo

A Justiça aceitou o pedido de habeas corpus da defesa do cantor Belo, e mandou expedir um alvará de soltura na madrugada desta quinta-feira (18). A decisão do desembargador Milton Fernandes de Souza saiu por volta de 1h20.

foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), da Polícia Civil do Rio de Janeiro, e foi levado para a Polinter, na Zona Norte, na quarta (17).

“Até agora eu não entendi o que eu fiz para estar passando por essa situação. Quero saber qual o crime que eu cometi. Subi no palco e cantei”, afirmou, ao sair da Cidade da Polícia, onde prestou depoimento.

A operação realizada nesta quarta-feira (17) também prendeu dois produtores pela realização da apresentação que provocou aglomeração em uma escola municipal no Complexo da Maré.

Apreensão
A Polícia Civil do Rio de Janeiro apreendeu duas pistolas, munição, dinheiro em espécie e um computador na casa do cantor.

O material foi apreendido na casa do artista, na Barra da Tijuca. Belo foi preso pela Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) em Angra dos Reis, na Costa Verde. O cantor é investigado pela realização do show por conta das proibições impostas pela pandemia.

A polícia também apura a invasão ao colégio onde foi realizada a apresentação, sem a autorização da Secretaria Municipal de Saúde. Segundo investigadores, as salas de aula do Ciep 326 – Professor César Pernetta foram utilizadas como camarotes. A assessoria do cantor ainda não se pronunciou sobre as acusações.(Correio)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*