Procurar Notícia

Fiocruz afirma que SUS vive pior momento da pandemia com UTIs lotadas em 17 capitais

A Fundação Osvaldo Cruz (Fiocruz) divulgou parecer nesta quinta-feira, 25, onde afirma que o Sistema Único de Saúde (SUS) vive o seu pior momento desde o início da pandemia do Covid-19 no Brasil com as taxas de ocupação acima dos 80% em 17 capitais.

De acordo com a instituição, Porto Velho (RO), com lotação de 100%, Rio Branco (AC), com 88,7%, Manaus (AM) com 94,6%, Boa Vista (RR), com 82,2%, Palmas (TO), com 80,2%, São Luís (MA), com 88,1%, Teresina (PI), com 93%, Fortaleza (CE), com 94,4%, Natal (RN), com 89,0%, Recife (PE), com 80,0%, Salvador (BA), com 82,5%, Rio de Janeiro (RJ), com 85,0%, Curitiba (PR), com 90,0%, Florianópolis (SC), com 96,2%, Porto Alegre (RS), com 84,0%, Campo Grande (MS), com 85,5%, e Goiânia (GO), com 94,4% são as mais afetadas no atual cenário.

O cenário fica ainda pior já que muitos destes estados também passam por altos indíces de ocupação na rede privada. Em São Paulo, a taxa de ocupação do hospital Albert Einstein, um dos maiores do país, chegou a 99%. Para combater o avanço, muitos destes estados, incluindo a Bahia, endureceram as medidas de restrição e de circulação para este fim de semana.(A Tarde)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*