Procurar Notícia

Bolsonaro sanciona autonomia do Banco Central

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei aprovada pelo Congresso Nacional que estabelece a autonomia do Banco Central. Um dos objetivos da mudança é blindar o órgão de pressões político-partidárias. A cerimônia aconteceu ontem, no Palácio do Planalto.

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou que a medida melhora o trânsito internacional do Brasil para ingresso na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“Hoje vai ficar para a história como um marco do desenvolvimento institucional do nosso país”, disse Campos Neto. Com a sanção, ele perde o status de ministro de Estado.

O ponto mais importante da lei determina que que o presidente do Banco Central terá mandato de quatro anos, não coincidente com o do presidente da República.(BNews)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*