Procurar Notícia

Ministério da Saúde determina que clínicas particulares devem seguir plano de imunização do governo

A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas (ABCVAC) informou, na última semana, que clínicas privadas negociam a compra de cinco milhões de doses da Covaxin, imunizante contra a covid-19 fabricado pela farmacêutica indiana Bharat Biotech.

A possível aquisição das vacinas por empresas privadas gerou o questionamento se seria possível que o setor iniciasse o processo de comercialização dos imunizantes sem seguir as diretrizes do plano nacional de vacinação.

O Ministério da Saúde se posicionou nesta segunda-feira, 4, sobre o tema, em nota, e informou que a rede privada também deve seguir a ordem de vacinação de grupos prioritários prevista no plano nacional de imunização. Desta forma, mesmo que possa vender o produto, as clínicas deverão oferecer primeiro a idosos e profissionais específicos.

“Os grupos prioritários, propostos pelo Ministério da Saúde em parceria com Conass e Conasems, devem, a princípio, ser obedecidos mesmo que haja integração de clínicas particulares de vacinação ao processo de imunização”, disse o ministério em nota.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*