Procurar Notícia

Faroeste: CNJ realiza correição em gabinetes de ex-presidentes do TJ-BA

Em determinação assinada pela corregedora, Maria Tereza de Assis Moura, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) dará sequência nesta sexta-feira, 29, à realização da correição extraordinária nos gabinetes dos desembargadores do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA), investigados no âmbito da Operação Faroeste.

De acordo com o documento, ficou instaurado a inspeção nos dos ex-presidentes do TJ, desembargadores Gesivaldo Nascimento Britto, Maria do Socorro Barreto Santiago, além da desembargadora Sandra Inês Rusciolelli. A equipe do CNJ também fará correição nos gabinetes dos juízes João Batista Alcântara Filho, Marivalda Almeida Moutinho e Sergio Humberto de Quadros Sampaio.

Por ter se tornado a sucessora durante o processo de investigação da desembargadora afastada, Maria da Graça Osório Pimentel, a desembargadora Lícia de Castro Laranjeira Carvalho também recebeu a determinação parra correição do seu gabinete.

Os respectivos trabalhos deverão ser realizados todos nesta sexta-feira, dentro do prazo de 9h às 19h. Além disso, durante esse período, precisa haver no gabinete pelo menos um servidor com conhecimento para prestar informações à equipe da correição.

As determinações foram delegadas aos desembargadores Carlos Vieira von Adamek (TJ-SP) e Luís Paulo Aliende Ribeiro (TJ-SP); além dos juízes Carl Olav Smith (TJ-RS); Daniel Marchionatti Barbosa (TRF-4); Gabriel da Silveira Mattos (TJ-MT); Gustavo Pontes Mazzocchi (TRF-2); Luiz Augusto Barrichello Neto (TJ-SP) e Maria Paula Cassone Rossi (TJ-SP).

A correição possui apoio da Polícia Federal (PF) e teve início com base no compartilhamento de provas realizado pelo ministro e relator do caso, Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ).(A Tarde)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*