Procurar Notícia

Verão começa hoje com temperaturas altas e previsões opostas sobre chuvas

O verão no hemisfério sul começou às 7h02 desta segunda-feira (21) e deve ser marcado pelas temperaturas elevadas – mas com baixa probabilidade de chegar a níveis recordes.

A estação também vem acompanhada de rápidas mudanças nas condições do tempo, com possibilidade de chuvas fortes, queda de granizo e ventos de moderado a forte em grande parte do país.

De acordo com prognóstico climático divulgado na sexta-feira (18) pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), nesta estação as chuvas são frequentes em praticamente todo o país, “com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste”.

Além disso, de acordo com as médias históricas, os maiores volumes de precipitação devem ser registrados nas regiões Norte e Centro-Oeste, com entre 700 e 1.100 mm.

“Devido às suas características climáticas, com grandes volumes de precipitação, o verão no Brasil tem singular importância para atividades econômicas como a agropecuária, a geração de energia por meio das hidrelétricas, e para a reposição hídrica e manutenção dos reservatórios de abastecimento de água em níveis satisfatórios”, destacou o relatório do Inmet.

Em entrevista à CNN, o meteorologista do Inmet Mozar de Araújo Salvador afirmou que uma das regiões que mais preocupam é a Sul, que passou por um período de estiagem nos últimos meses.

“De forma geral, parte do Sul, principalmente no extremo do Rio Grande do Sul e em Santa Catarina podem ficar com chuvas abaixo da média. Não quer dizer que durante toda a estação seja assim, mas espera-se irregularidade na maior parte do tempo”, disse.

Por outro lado, ele disse que são esperadas chuvas acima da média na maior parte da região Norte, com casos pontuais extremos.

Em relação às temperaturas, Salvador afirmou que as projeções apontam para valores dentro ou levemente acima média, com variação entre 25ºC e 36ºC, com as regiões mais ao norte e próximas da Linha do Equador se mantendo facilmente acima dos 30ºC.

“A tendência, quando falamos em acima da média, é até 1,5ºC acima da média histórica. Mas se for pensar nas temperaturas diárias, aí as variações são bem maiores”, detalhou.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*