Procurar Notícia


“Esse vírus não vai desaparecer da nossa vida nunca mais”, diz pesquisadora da Fiocruz

A pesquisadora e pneumologista Margareth Dalcolmo, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), afirmou em entrevista à Folha de S.Paulo que os protocolos sanitários contra o coronavírus deverão ser seguidos no Brasil mesmo após a vacinação.

“Vamos ter de manter os cuidados por muito tempo. Esse vírus não vai desaparecer da nossa vida nunca mais. Nada foi tão pandêmico quanto ele”, afirma Dalcolmo.

“No Brasil, não há um município que não tenha caso registrado. O vírus vai ficar endêmico. Portanto, o fato de ser vacinado não nos isenta de andar de máscara pelos próximos dois anos, por exemplo. De termos cuidado com ambientes fechados, de solicitarmos testes negativos para embarcar em voos internacionais”, completou.

A médica também criticou o discurso antivacina do presidente Jair Bolsonaro. “É um discurso equivocado e obscurantista que só vai ser quebrado na medida que nós, de maneira consistente e transparente, dissermos a verdade às pessoas”, afirma.

“Quando alguém ingenuamente diz que não vai se vacinar, também não vai viajar. Nem vai matricular criança na escola. São medidas que não são, ao meu juízo, coercitivas. Eu vejo essas medidas como civilizatórias”, completou a pesquisadora.(Revista Fórum)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*