Procurar Notícia

Com gol de Léo Ceará, Vitória bate Juventude e se afasta do Z4

O Vitória reencontrou o triunfo na Série B. Após passar três jogos sem ganhar, com um empate e duas derrotas, o Leão quebrou o jejum negativo e bateu o Juventude por 1×0, na noite desta terça-feira (15), no Barradão. Foi a segunda partida do rubro-negro desde que o técnico Mazola Júnior assumiu o comando.

O único gol do duelo foi marcado por Léo Ceará, aos 17 minutos do primeiro tempo, depois de ótima arrancada de Thiago Lopes. O camisa 9 agora tem 13 gols na Série B e segue na vice-artilharia do campeonato. Está atrás apenas de Caio Dantas, do Sampaio Corrêa, com 17 gols.

Com o resultado, o Vitória subiu três posições e, agora, aparece na 13ª colocação da Série B, com 36 pontos. São sete de distância do Paraná, que abre o Z4 e ainda joga na rodada.

O Leão, porém, ainda pode ser superado na tabela por dois times. O Brasil de Pelotas, que também tem 36 pontos, recebe o Botafogo-SP nesta quarta-feira (16), às 16h30, no Bento Freitas. E o CRB, que tem 34 pontos, mede forças com o Paraná no Rei Pelé na quinta-feira (17), às 21h30.

Na próxima rodada, o Leão visita o Oeste na Arena Barueri. O jogo está marcado para sexta-feira (18), às 16h. Wallace será desfalque, já que, diante do Juventude, levou o terceiro cartão amarelo e cumprirá suspensão na próxima rodada.

Na frente do marcador

O Vitória entrou em campo contra o Juventude com uma formação bem diferente da usual. Sem os três goleiros principais (Ronaldo suspenso e César e Lucas Arcanjo com covid-19), Yuri, do sub-20, foi titular pela primeira vez da equipe profissional. Na zaga, João Victor herdou a vaga de Maurício Ramos, machucado. E, no meio, Romisson e Dudu foram as novidades, com os desfalques de Fernando Neto e Guilherme Rend (lesão) e Lucas Cândido (suspenso).

Durante os 15 minutos iniciais, os dois times ficaram se estudando, concentrando as jogadas no meio do campo. Os dois times não arriscavam muito e nem exigiam dos goleiros rivais, que apenas assistiam.

Aos 17, o cenário mudou. Thiago Lopes saiu em contra-ataque veloz, deixou os marcadores para trás e fez ótimo passe para Léo Ceará, que chutou na saída de Marcelo Carné. Foi o 13º gol do centroavante, que segue na vice-artilharia da Série B.

O Leão tentou ampliar pouco depois, aproveitando um erro de passe do Juventude. O camisa 9 rolou para Matheus Frizzo, que arriscou forte de fora da área. O goleiro visitante, porém, defendeu sem rebote.

Atrás no marcador, a equipe gaúcha passou a ficar com a bola. Tentava a pressão, mas, diante de uma equipe bem posicionada defensivamente, não tinha precisão e não conseguia transformar a posse em chances reais de empate.

No fim da etapa, o Vitória voltou a se mostrar perigoso. Primeiro, Frizzo lançou da esquerda para Vico, que se jogou para fazer a finalização. O atacante, porém, não acertou o alvo e a bola foi pela linha de fundo, aos 40.

Quatro minutos depois, Gustavo Bochecha errou passe após escanteio do Juventude. O camisa 11 do Leão ficou com a redonda e saiu em arrancada, em direção ao gol. Ele chegou na grande área, mas se atrapalhou. Ainda assim, finalizou, só que Carné defendeu.

Pressão rival

O Juventude voltou para o segundo tempo de olho no empate. Nos primeiros minutos, ficou com mais posse de bola e conseguiu trabalhar na defesa do Vitória. Aos 3, a redonda foi cruzada na área, a defesa rubro-negra afastou, mas Igor conseguiu a sobra e chutou. Yuri fez a defesa, à queima-roupa. Dois minutos depois, foi a vez de João Paulo arriscar de longe, passando perto da meta.

Enquanto o alviverde pressionava, o Leão se mantinha recuado, marcando com todos os 10 jogadores de linha em seu campo. A tática, apesar de perigosa, funcionava defensivamente: mesmo com o Juventude com a maior posse de bola, não chegava com grande perigo. Por outro lado, o rubro-negro não conseguia ficar com a bola e contra-atacar.

A ameaça do Vitória chegou aos 35 minutos, quando recuperou a redonda após cobrança de escanteio e partiu para o ataque. Vico chutou para Rafael Carioca, que bateu, mas foi no defensor do Juventude.

O time gaúcho voltou a assustar no fim. Aos 40, Everton subiu livre e cabeceou com perigo, mas a bola saiu. Seis minutos depois, o meia armou um voleio, mas errou e perdeu uma oportunidade incrível.

FICHA TÉCNICA

Vitória 1×0 Juventude – 29ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Vitória: Yuri, Van, João Victor, Wallace e Rafael Carioca; Matheus Frizzo, Eduardo (Marcelinho), Romisson (Gerson Magrão) e Thiago Lopes (Mateusinho); Vico (Ewandro) e Léo Ceará (Jordy Caicedo). Técnico: Mazola Júnior.

Juventude: Marcelo Carné, Igor (Luis Ricardo), Wellington, Emerson e Eltinho; João Paulo, Gustavo Bochecha (Gabriel Terra) e Cajá; Capixaba (Everton), Matheuzinho (Neto), Bambam (Marciel). Técnico: Pintado.

Estádio: Barradão, em Salvador
Gol: Léo Ceará, aos 17 minutos do primeiro tempo;
Cartões amarelos: Yuri e Wallace, do Vitória; Igor, do Juventude;
Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fábio Pereira e Fernando Gomes da Silva (trio do Tocantins);

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*