Procurar Notícia

Aplicativo permite denunciar estabelecimentos que não emitem nota fiscal

Denunciar irregularidades nos comércios da Bahia pode ser feito pelo celular. Uma atualização no aplicativo ‘Preço da Hora Bahia’ permite que o consumidor denuncie estabelecimentos que se recusem a emitir nota fiscal e ainda possua preços abusivos e discrepância entre valor na nota e o que foi pago.

Segundo a Secretaria da Fazenda (Sefaz-BA), além das denúncias, o consumidor pode utilizar o aplicativo para fazer pesquisas de preço em todos os produtos comercializados no estado. Atualmente podem ser pesquisados mais de 500 mil produtos. O aplicativo já é utilizado por 367 mil baianos.

Outras novidades da nova versão são a consulta ao histórico de preços dos combustíveis comercializados na Bahia e a possibilidade de compartilhar os melhores preços dos produtos nas redes sociais Whatsapp, Facebook e Twitter.

É possível também relatar outros tipos de problemas, disponíveis em uma relação apresentada pelo aplicativo, e que inclui erros no endereço, no telefone ou no nome de determinado estabelecimento. Caso a lista não apresente a irregularidade que o consumidor quer reportar à Sefaz-Ba, é só escolher o campo ‘Outros’ e digitar o problema encontrado.

Quem já possui o aplicativo precisa atualizá-lo para obter as novas funcionalidades. Para quem ainda não tem, é só fazer o download para ter acesso à versão 1.2. O app está disponível na Apple Store e no Google Play, e a ferramenta também pode ser acessada pelo site.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*