Procurar Notícia

Sesab confirma três novos casos de doença de Haff na Bahia

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) confirmou ontem três novos casos da doença de Haff. De acordo com a pasta, todos os pacientes são residentes no município de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e os casos tem relação com o consumo de pescado.

A doença de Haff é uma síndrome de rabdomiólise (ruptura de células musculares) sem explicação, e se caracteriza por ocorrência súbita de extrema dor e rigidez muscular, dor torácica, falta de ar, dormência e perda de força em todo o corpo, além da urina cor de café, associada a elevação sérica de da enzima CPK, associada a ingestão de pescados. Segundo o Centro Informação Estratégica em Vigilância em Saúde da Bahia (CIEVS), se a doença não for tratada pode evoluir rapidamente com insuficiência renal e, até mesmo a óbito.

No mês de agosto de deste ano, o município de Entre Rios registrou a ocorrência de três casos suspeitos de doença de Haff com relato de ingestão de pescado. Houve consumo do peixe conhecido como “olho de boi”, onde cinco pessoas da mesma família fizeram a ingestão do peixe e aproximadamente sete horas depois, o primeiro caso, indivíduo de 53 anos, apresentou sintomas de fortes dores no corpo, tontura, náuseas e fraqueza. Outros familiares apresentaram os mesmos sintomas.

Em Salvador, nos meses de setembro e outubro, duas unidades hospitalares notificaram a ocorrência de casos da doença de Haff, totalizando seis pacientes que apresentaram início súbito de dor muscular de origem não determinada.

A Sesab orienta à população a buscar uma unidade de saúde imediatamente ao identificar os primeiros sintomas. (BNews)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*