Procurar Notícia

Salada se come antes ou depois da refeição? Nutricionista tira a dúvida

Buscar uma alimentação saudável e equilibrada é uma verdadeira prova de autocuidado e amor próprio, né? E, quando se trata de comer bem, as saladas (com suas diferentes folhas, verduras e legumes) não podem faltar de jeito nenhum na dieta.



Mas você já parou para pensar sobre qual seria o momento certo (adequado em termos nutritivos) de comer os vegetais? Algumas pessoas acreditam que a salada deve ser comida antes da refeição, enquanto outras defendem que o ideal, na verdade, é consumi-la depois do prato principal. Para esclarecer essa questão polêmica, nós conversamos com a nutricionista Carine Rodrigues, que deu ótimas dicas para o consumo da salada. Confira!


Comer salada antes da refeição garante maior saciedade

Exagerar na quantidade de carboidratos e proteínas (arroz, feijão e carne, por exemplo) não é muito indicado para quem quer ter uma dieta balanceada. Nesse caso, os vegetais aparecem como grandes aliados – concedem fibras, vitaminas e minerais que te ajudam a se alimentar melhor. A lógica é bem simples: quanto mais folhas (alface, rúcula, agrião e repolho, por exemplo) forem consumidas antes do prato principal, mais facilmente o organismo ficará satisfeito – sem que haja necessidade de exagerar no arroz e feijão, por exemplo. De acordo com a nutricionista, essa é uma boa sugestão para quem quer ter uma dieta desintoxicante e equilibrada:

“Comer a salada antes da refeição ajuda a aumentar a sensação de saciedade, uma vez que os vegetais demoram mais tempo para serem mastigados e são ricos em fibras. Além disso, os vegetais são ricos em compostos bioativos que auxiliam o fígado no processo de detoxificação”, explica a nutricionista.
Use vegetais variados para preparar a salada

Para garantir que a salada seja altamente nutritiva, uma boa dica é apostar justamente na variedade de vegetais: use muitas folhas verde-escuras (que podem ser comidas em grandes quantidades), legumes como cenoura e chuchu (em menores porções), sementes e até mesmo frutas, como o abacate ou manga, que dão um toque adocicado e combinam superbem com os vegetais folhosos. De acordo com a nutricionista, o mais indicado é realmente variar nos alimentos.

“As saladas podem ser feitas de diversas formas, combinando folhas, sementes e/ou frutas. Quanto mais variedade e cores melhor, pois cada alimento possui um tipo de vitamina, mineral, composto bioativo diferente, contribuindo para um bom funcionamento do organismo”, finaliza Carine.

Vale destacar que, apesar de ser mais indicado consumir a salada antes da refeição (até para desintoxicar o organismo), você também pode comer legumes e vegetais depois (ou até mesmo junto) do prato principal sem problemas. O ideal é realmente seguir uma dieta equilibrada, com alimentos naturais e sempre com o acompanhamento de um nutricionista. (Conquiste sua vida)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*