Procurar Notícia

PF investiga desvio de recursos públicos no Hospital de Campanha em Fortaleza

A Polícia Federal deflagrou hoje (3) a Operação Cartão Vermelho, que investiga supostos desvios de recursos públicos destinados ao combate do novo coronavírus em Fortaleza. Ao todo, são cumpridos 27 mandados de busca e apreensão em domicílios de investigados em Fortaleza, São Paulo e Pelotas-RS.

Segundo a investigação, houve um prejuízo aos cofres públicos superior a R$ 7 milhões. A operação tomou como base um inquérito instalado em junho deste ano para “apurar crimes de corrupção, malversação/desvio de recursos públicos federais e fraude em procedimento de dispensa de licitação no contexto do enfrentamento ao coronavírus, em Fortaleza”. O alvo da investigação é o Hospital de Campanha montado no Estádio Presidente Vargas. A Justiça Federal determinou o bloqueio desses valores em contas das pessoas jurídicas investigadas. As investigações continuam com análise do material apreendido na operação policial e do fluxo financeiro dos suspeitos.


Entre os investigados estão servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Fortaleza, gestores e integrantes da comissão de acompanhamento.


A Operação Cartão Vermelho ocorre em parceira com a Controladoria Geral da União. O trabalho conta com a participação de 120 policiais federais e 22 servidores da CGU. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*