Procurar Notícia

Felipe Titto usa cloroquina e emite opinião inesperada sobre Jair Bolsonaro

Felipe Titto causou polêmica nas redes sociais ao defender o uso do remédio cloroquina, bastante defendido pelo presidente Jair Bolsonaro na luta contra a Covid-19, e surpreendeu ao revelar que fez uso dela na recuperação.

O ator fazia parte da Dança dos Famosos na Globo, mas precisou deixar a competição do Domingão do Faustão ao revelar que testou positivo para a doença. No entanto, o que mais chamou a atenção dos fãs foi a sua declaração sobre o processo de cura.

Por meio dos Stories do Instagram, ele disparou: “Não é porque eu não gosto do meu síndico que eu vou querer que o meu prédio caia. Eu tomei cloroquina, azitromicina e ivermectina, não estou indicando aqui pra ninguém porque eu não sou médico. Mas eu acordei zero”.

“Eu acordei sem sintoma nenhum, em mim reagiu dessa forma. Se não é bom, se não serve eu estou dizendo como foi pra mim. Não é porque fulano [o presidente] indicou que a gente vai colocar vidas em risco pra não dar o braço a torcer”, defendeu.

“É basicamente isso que eu quero dizer. Deixa a guerrinha política deles lá pra casa do chapéu, não coloca a sua vida e das pessoas que você ama em risco por conta de guerrinha política”, completou, deixando claro que não é apoiador de Lula e muito menos de Bolsonaro.

No mesmo desabafo, ele falou sobre a competição do Domingão do Faustão e foi breve e inconclusivo: “Amanhã o Faustão vai explicar como vai ficar, mas eu quero dividir com vocês algumas situações“.

Titto confessou que não achava que seria muito afetado: “Sempre levei essa história do Covid de uma forma muito leve, de forma alguma fui desrespeitoso. Eu entendo o nível da doença, o quão nociva ela é e o tanto de estrago que ela fez”.

“Mas pensando em mim, falei: ‘Treino a vida inteira, me alimento muito bem, sou um cara forte, acho que vou ser totalmente assintomático’… Mas não foi bem assim a história‘. Eu descobri na segunda-feira. Na terça e na quarta-feira foram os piores dias”, revelou.

“E na quarta eu achei que não ia resistir. Parece coisa de maluco, mas eu fiz uma tomografia do pulmão, para saber se eu tive algum nível de comprometimento. Não tive nada, graças a Deus“, disse ainda.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*