Procurar Notícia

Covid-19: vacina de Oxford tem eficácia de 62% a 90%, diz laboratório

A vacina contra a Covid-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca mostrou eficácia média de 70% conforme a dosagem, segundo resultados preliminares divulgados hoje (23).

Segundo o G1, a AstraZeneca afirma que a vacina foi 90% eficaz na prevenção à Covid-19 quando administrada em meia dose seguida de uma dose completa, com intervalo de pelo menos um mês.

Em outro regime de dosagem, o imunobiológico mostrou 62% de eficácia quando administrado em duas doses completas com pelo menos um mês de intervalo. Com isso, a eficácia médica é de 70%, segundo a AstraZeneca.

A previsão é que farmacêutica produza 200 milhões de doses da sua candidata a vacina até o fim do ano e 700 milhões de doses até o fim do primeiro trimestre de 2021 em todo o mundo, de acordo com o chefe de operações da AstraZeneca, Pam Cheng.

Dentre os voluntários, foram registrados 131 infectados com a doença, mas não foi relatada nenhuma hospitalização nem casos graves da doença em participantes que receberam a vacina. A análise incluiu dados das fases 2 e 3 da pesquisa no Reino Unido e da fase 3 no Brasil. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*