Procurar Notícia

Butantan diz que receberá doses prontas da “vacina chinesa” esta semana

O Instituto Butantan informou, nesta terça-feira (17/11), que a instituição receberá as doses prontas da vacina CoronaVac ainda nesta semana, da China. A matéria-prima para a produção no Brasil deverá chegar até o fim de novembro.

Segundo o diretor do Butantan, Dimas Covas, até janeiro estarão disponíveis 46 milhões de doses do imunizante. “Já receberemos vacinas nesta semana. Vamos receber já uma primeira partida de vacinas prontas da China. Também receberemos ainda neste mês um quantitativo inicial de 600 litros de matéria-prima para iniciar a produção aqui no Butantan. Tudo caminha para que rapidamente tenhamos um quantitativo de 46 milhões de doses de vacinas prontas para uso já em janeiro”, afirmou na comissão da Câmara dos Deputados sobre assuntos relacionados à pandemia.

Já o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou, em entrevista à Rádio Jornal de Pernambuco, que as doses devem chegar ainda nesta quinta-feira (19/11). “A Coronavac, ela chega agora, nesta quinta-feira, chega já o primeiro lote das vacinas. Ela virá em lotes, pronta do laboratório Sinovac, e depois nós produziremos aqui, no próprio Butantan, para os brasileiros de São Paulo e brasileiros de todo o país, isto se o Ministério da Saúde entender, como deveria, que a vacina é para todos. Aliás, essa é a nossa defesa”, disse.

Polêmica

A CoronaVac ainda está na fase três de testes. Os estudos chegaram a ser parados para a investigação da morte de um voluntário. Em outubro, o Ministério da Saúde chegou a anunciar a compra de 46 milhões de doses da vacina. Um dia depois, o presidente Jair Bolsonaro disse que a vacina não seria comprada pelo governo brasileiro. Na semana passada, porém, Bolsonaro disse que o Ministério da Saúde irá comprar a vacina caso ela seja aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). (correiobraziliense)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*