Procurar Notícia

Guedes diz que é ‘irresponsável’ furar teto de gastos ‘para fazer política, para ganhar eleição’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou ontem (2) um suposto interesse em furar o teto de gastos da economia brasileira para “fazer política” e “ganhar eleição”.

“Nós vamos ter que dar uma turbinada nesse programa [o Renda Cidadã]. Agora, precisa furar o teto? Não. A essência da política é fazer escolhas. Fazer só coisas agradáveis para ganhar eleição é muito bonito, mas depois joga o povo no inferno”, disse o ministro.

Guedes falou à imprensa após supostas críticas feitas pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, em reunião com investidores na manhã da última sexta-feira. 

Entre os comentários atribuídos a Marinho estão que o Renda Cidadã sairia do melhor ou do pior jeito, o que foi interpretado como um sinal de estouro do teto de gastos, e de que a ideia de financiar o programa com precatórios e recursos da educação (Fundeb) foi de Guedes. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*