Procurar Notícia

Extrato, passata ou molho de tomate? Conheça as diferenças entre eles

Extremamente versátil na nossa alimentação, o tomate é um fruto com mil e uma utilidades! Quem é fã sabe que o alimento oferece derivações deliciosas que podem ser usadas de diferentes formas na cozinha. Mas você já se perguntou qual é a diferença, na prática, entre extrato, da passata e do molho de tomate? Para entender melhor sobre as suas particularidades, dá uma olhada na matéria!

Molho de tomate é a opção mais comum dos supermercados

Um pouco mais diluído, temperado e pronto para consumo, o molho de tomate é aquela opção que nós encontramos facilmente nos supermercados. Ele é ideal para quem gosta de otimizar o tempo na cozinha, preparando receitas fáceis, rápidas e saudáveis e normalmente só precisa ser aquecido para servir. Assim como as outras variações, combina muito bem com massas, como macarrão ao molho sugo e lasanha bolonhesa, além de outros pratos típicos que acompanham o produto, como pizza e cachorro-quente.

Passata de tomate não tem tempero nem conservantes e é feita a partir do tomate pelado

A passata de tomate é ainda mais saudável que o molho pronto feito com o alimento. Ela não possui conservantes nem temperos, é feita a partir do tomate cozido, sem pele e sem sementes – o que algumas pessoas conhecem por “tomate pelado” – e é a variação ideal para preparar um molho caseiro supernutritivo. Basta acrescentar os seus temperos favoritos, como pimenta, orégano e manjericão, e deixar o molho ao seu gosto!

Extrato de tomate é temperado apenas com sal e açúcar e possui a maior concentração de tomate por peso

Se a ideia for engrossar um molho de tomate pronto ou optar por uma alternativa mais concentrada, o extrato de tomate, sem dúvidas, é opção mais indicada. Ele apresenta a maior concentração de tomate por peso, é temperado geralmente apenas com sal e açúcar e possui uma cor avermelhada mais intensa que os outros dois tipos.
Molho, passata e extrato do fruto carregam os benefícios desse superalimento

Por ser fonte de vitaminas A, B e C, sais minerais como cálcio, magnésio, fósforo e potássio e rico em licopeno – antioxidante que auxilia no combate ao câncer e ao envelhecimento celular – o tomate é considerado um superalimento cheio de benefícios para o nosso organismo. Por isso, consumir o molho, a passata ou o extrato do fruto é uma ótima forma de assimilar todos esses nutrientes! (conquistesuavida)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*