Procurar Notícia

Morre o produtor musical Arnaldo Saccomani, jurado de “Ídolos” e “Astros”

Conhecido por atuar como jurado em programas de talentos da televisão, Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27), aos 71 anos. Ele sofria de problemas renais e, no ano passado, chegou a ficar internado na UTI. A morte foi confirmada nas redes sociais pela filha, Thais.

Saccomani tinha vasta experiência como produtor musical. Produziu artistas importantes no cenário nacional, como Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von e Fábio Junior. Também trabalhou com o cantor mexicano Luis Miguel. Seu último trabalho como produtor foi no álbum Além do Tempo, da cantora Larissa Manoela.

Foi na televisão que Saccomani se tornou popular. Atuou como jurado de programas como Ídolos (2006-2012), Astros (2008-2013) e Qual é o Seu Talento? (2009-2012), todos do SBT. Tinha um comportamento mal-humorado, por vezes considerado “carrasco” ao avaliar os cantores em iniciação, sem poupá-los de duras críticas. Nesses programas, formou parceria e fez amizade com o também produtor Carlos Eduardo Miranda, o “Miranda”, gaúcho morto em 2018.

Outro importante produtor e amigo de Saccomani, Rick Bonadio prestou homenagem nas redes sociais. “É com profunda tristeza que dedico esse espaço ao grande amigo, mestre e pessoa que me deu as primeiras oportunidades e incentivos na minha carreira na música. Saccomani partiu agora. Sua querida filha Thais me avisou, pois sabia da nossa relação de amizade e vida. O Arnaldo era um dos maiores produtores musicais desse país, se não o maior. Talentoso, carismático e o rei dos comentários inesperados, mas profundamente pertinentes”, escreveu Bonadio.

Em 2019, Saccomani foi internado em São Paulo com uma doença chamada uremia, quando os rins não conseguem filtrar adequadamente os resíduos do sangue. A doença o submeteu a sessões de hemodiálise. Ele também tinha diabetes.

Segundo o colunista Felipeh Campos, do programa A Tarde é Sua, da Rede TV, Saccomani faleceu em casa, na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo. Outra filha de Saccomani, Julia, teria dito ao colunista que o pai “partiu sorrindo e sereno”. (gauchazh)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*