Procurar Notícia

Paulo Guedes defende criação de microimposto digital

O ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender nesta quarta-feira, 29, a criação de um microimposto digital. A fala foi ao lado do relator da comissão mista da reforma tributária no Congresso, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). As informações são do site de notícias Poder360.

“Não vamos aumentar os impostos. Nós podemos redistribuir, criar uma base ampla, nova. E aí você pode, se criar uma base ampla nova e tributar um pouco ali, reduzir o imposto de renda, eliminar os IPI, pode até reduzir cinco, seis, sete, oito, dez impostos se tiver uma base ampla em que crie uma nova incidência para pessoas que não pagam, seja pagamentos digitais. Há uma enorme economia em crescimento. É a economia digital nova surgindo”, disse Guedes.

Na primeira fase da reforma, o governo apresentou a criação do “IVA dual”. Propõe a fusão da PIS/Cofins. Cria no lugar a CBS (Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços), com alíquota de 12% sobre o faturamento das empresas. Depois, os estados devem aderir ao CBS, com as tributações regionais.

Nas próximas fases, o governo quer propor mudanças no IPI (Imposto sobre os Produtos Industrializados), no IR (Imposto de Renda) e na folha de salários. A intenção é tributar mais a renda e menos o consumo. Para equalizar isso, o governo defende criar um tributo sobre transações digitais.

A fala de Guedes foi no Palácio do Planalto. Mais cedo, ele e o relator tiveram uma reunião. Também participaram o ministro Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) e o secretário José Tostes (Receita Federal).

Segundo Aguinaldo, o encontro foi produtivo. “Vamos intensificar a convergência do que o governo propor, com a PEC 45 e com a PEC 110 para que nós possamos avançar em um texto que represente o interesse do Brasil”. Na próxima semana, a comissão que trata do tema retomará os trabalhos. Guedes participará. (A Tarde)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*