Procurar Notícia

Menos de 24h após golear o Náutico, Bahia enfrenta o Atlético de Alagoinhas pelo Baianão

Menos de 24 horas depois do jogo contra o Náutico, pela Copa do Nordeste, há outro desafio para o Bahia. Dessa vez, o rival é o Atlético de Alagoinhas, pela penúltima rodada da primeira fase do Campeonato Baiano. Já garantido na semifinal, o Tricolor quer defender a liderança. A bola rola às 16h desta quinta-feira (23).

Antes da parada da pandemia do novo coronavírus, o Bahia jogava com o time de transição e conseguiu fazer um bom papel, vencendo inclusive o rival, que tinha uma formação de elenco similar. A campanha de quatro triunfos e três empates levou o Tricolor aos 15 pontos. A crise econômica causada pela doença, no entanto, fez com que o projeto fosse encerrado e o técnico Dado Cavalcanti saísse do CT Evaristo de Macedo.

Sem um suporte no estadual, o Bahia vai precisar “se virar nos 30”. Além dos reservas que não jogaram contra o Náutico, o grupo ganhou a adição de jovens atletas do sub-20. A principal atração do time desta tarde, que também vai ter o comando de Roger, será o volante Gregore, que não jogou o regional por suspensão. O planejamento é colocá-lo por 45 minutos para ganho de ritmo.

“A gente trouxe para dentro de nosso grupo, que já era ideia inicial, fortalecer o grupo com jogadores do time sub-23. A vinda era proposital para ter um grupo grande e privilegiar os jogadores que se destacaram no estadual. Ideia é ter um grupo grande para observar todos os jogadores à disposição”, disse o técnico Roger Machado na última segunda-feira (20).

MISTÉRIO NO ATLÉTICO

Quinto colocado do estadual, com 11 pontos, o Carcará busca a classificação e terá Agnaldo Liz, que treinava o Vitória, no comando. Os jogadores estão concentrados desde o último dia 6 de julho em um resort localizado em Santo Estêvão. A principal atração da equipe é o experiente Magno Alves, que retornou ao clube.

“Não vai ter a influência do torcedor do Bahia, mas vai ser um confronto bom. Lógico que a preparação do Bahia está na frente, pelo fato de ter os treinos presenciais há mais tempo do que a nossa equipe. Só tivemos 15 dias de treinamento presencial. Mas vamos para o confronto tentar o resultado. Só depende da gente nesses dois confrontos contra Bahia e Jacuipense para que a gente faça os pontos necessários e buscar a classificação para a semifinal”, afirmou o treinador em entrevista ao Bahia Notícias.

O treinador do Carcará relacionou 21 jogadores, mas a formação inicial é um mistério. A tendência é que a base do time que estava jogando entre em campo.

FICHA TÉCNICA
Atlético-BA x Bahia
Campeonato Baiano – 8ª rodada
Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 23/07/2020 (quinta-feira)
Horário: 16h
Árbitro: Eziquiel Sousa Costa
Auxiliares: Carlos Eduardo Bregalda Gussen e José dos Santos Amador

Atlético de Alagoinhas: Fábio Lima; Edson, Eduardo, Mailson e Filipinho; Lucas, Makelele, Dedeco e Alex; Naian e Magno Alves. Técnico: Agnaldo Liz.

Bahia: Mateus Claus; Edson, Wanderson, Ernando e Zeca; Gregore, Jadson e Ramon; Alesson, Fessin e Saldanha. Técnico: Roger Machado.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*