Procurar Notícia

Igreja vive experiência relatada no livro de Atos durante a pandemia: “Vimos curas”

Uma igreja hispânica, nos Estados Unidos, tem impactado bastante sua região com atos evangelísticos, não só através das palavras, mas das ações.

Em janeiro a igreja tinha começado uma série de pregações sobre o livro de Atos, mas em fevereiro a pandemia do novo coronavírus começou no estado.

Assim, como em outras regiões que foram afetadas por essa pandemia, a igreja entrou em ação. Eles puderam também viver aquilo que foi pregado durante o mês de janeiro e ver Deus fazendo milagres.

O pastor Guilhermo e sua esposa, a pastora Dínora Jimenez, são os líderes da igreja Aguilas CFC desde 2002 e falaram um pouco sobre esse momento.

“Eu sabia que o Senhor queria fazer algo em Las Vegas”, disse Guillermo, 52 anos, à AG News. “Esta não é a capital mundial do pecado. Tem algo mais. Oramos e clamamos por um movimento de Deus, e que o Espírito Santo fizesse milagres”.

O pastor disse que assim que a igreja fechou, os funcionários da mesma começaram a entrar em ação e ligar para todos que tinham contato. Eles tinham 6.400 nomes na lista.

Foi realizada uma grande mobilização de ajuda e socorro, cada um dentro das necessidades que tinham, tanto em questão de aluguel como de mantimentos.

O dinheiro que conseguiram arrecadar serviu para ajudar os mais necessitados.

“Dezenas de milhares de dólares foram gastos para ajudar a comprar comida, pagar o aluguel ou a conta de luz”, conta o pastor. “Todo mundo está cuidando um do outro. Teve gente que orou por alguém no hospital, que assou um bolo e levou para o vizinho. Vimos curas milagrosas”.

As pessoas se preocupavam e cuidavam umas das outras, vivendo o que tinham pregado em janeiro. O pastor diz que o estudo do livro de Atos não foi uma coincidência.

“Digo às pessoas que se você consegue orar, ler a Bíblia, ouvir a Deus, servir e ser generoso sem a necessidade de um pastor, é sinal que você está amadurecendo”, diz Guillermo.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*