Procurar Notícia

Pela 1ª vez, Itália tem mais curados do que novos doentes em 24 horas

Pela primeira vez desde o início da pandemia de Covid-19, o número de pessoas consideradas curadas em um período de 24 horas na Itália foi maior do que a quantidade de novos casos registrados.

O número de pessoas recuperadas aumentou de 54.543 para 57.576 entre quarta e quinta-feira (23), uma diferença de 3.033. Nesse mesmo intervalo, 2.646 novos casos foram confirmados.

A quantidade de novos casos também foi menor do que nas 24 horas anteriores, quando 3.370 tinham sido anunciados pela Agência de Proteção Civil.

Além disso, caiu pelo quarto dia seguido o número de portadores de Covid-19 no país. Nesta quinta-feira, 106.848 pessoas foram registradas como ainda doentes, enquanto na quarta eram 107.699.

O número de mortes teve um leve aumento, subindo de 437, na véspera, para 464 nesta quinta-feira. O total no país, desde 21 de fevereiro, soma 25.549. A Itália é o segundo país do mundo com mais mortes provocadas pelo coronavírus, atrás dos Estados Unidos.

No total, o país soma 189.973 casos desde o início da pandemia, o terceiro maior número global, atrás de Estados Unidos e Espanha.

Ainda de acordo com a Agência de Proteção Civil, também houve uma diminuição no número de pacientes internados em terapia intensiva entre quarta e quinta-feira, seguindo uma tendência de vários dias. A redução foi de 2.384 para 2.267.

Segundo a Reuters, a unidade de proteção civil publicou pela primeira vez dados sobre quantas pessoas haviam sido testadas para o vírus até agora na Itália, colocando o número em 1,053 milhão, em uma população de cerca de 60 milhões.

A agência havia divulgado antes apenas dados sobre material coletado para ser testado. Esse é um número muito maior –1,58 milhão até quinta-feira– porque muitas pessoas são testadas duas ou três vezes. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*