Procurar Notícia

Não tenho provas, mas tenho sentimentos, diz Bolsonaro sobre mandante de facada

O presidente Jair Bolsonaro disse a apoiadores no Palácio da Alvorada que exige que a Polícia Federal investigue o mandante do crime cometido por Adélio Bispo contra ele em setembro de 2018 .

Adélio foi o responsável pela facada sofrida pelo presidente na campanha presidencial daquele ano e o fato do inquérito não ter apontado um mandante foi um dos motivos para a saída de Sergio Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“Eu acho prudente, sim, e não quero forçar nada, zero. Mas tem que ser aprofundado isso aí. Meu Deus do céu! Se fosse uma tentativa de assassinato de alguém da esquerda, estava até hoje alguém buzinando”, disse o presidente.

De acordo com o presidente, a Polícia Federal vai retomar o inquérito.

“Eu não tenho provas pessoalmente. O que tenho é sentimentos, sugestão para dar para a Polícia Federal. O que for possível a PF fazer, dentro da legalidade, para apurar quem pagou o Adélio para tentar me matar, vai fazê-lo”, acrescentou. (Agência Brasil)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*