Procurar Notícia

Bolinho integral de maçã e banana leva aveia e chia no lugar da farinha

A abstinência do açúcar refinado é a maior tortura que pode haver para quem está de dieta e fica muito difícil saciar a vontade de comer aquela coisinha doce.

No entanto, se você não abre mão da sua sobremesa ou gosta de alguma coisa doce no lanche da tarde, sempre se pode recorrer a soluções saudáveis que não comprometem o emagrecimento.

Foi por isso que nós trazemos aqui uma receita saborosa para um bolo integral sem açúcar, glúten, leite ou refinados com substituições inteligentes e com o poder de saciedade da dupla banana e canela.

Confira abaixo a receita deste bolo que você vai poder comer sem ficar com um peso na consciência.

Ingredientes

3 maçãs médias picadas com casca
2 bananas maduras
3 ovos
2 colheres de óleo de coco
2 colheres de sopa de chia
1 xícara de aveia
Canela em pó a gosto
1 colher de sopa de fermento em pó
Essência natural de baunilha (opcional)

Modo de preparo:
Bater a a maçã, banana, ovos, óleo de coco e a chia no liquidificador até atingir uma textura homogênea
Adicione a essa mistura, mas sem bater, a aveia, canela, baunilha e o fermento
Misturar bem
Assar em forma untada com óleo de coco e aveia por cerca de 40 minutos em temperatura baixa.
Como a textura do bolo é mais cremosa, ele não ficará dourado por cima.
Os perigos do açúcar refinado

Até cerca de 300 anos atrás, a humanidade não utilizava o açúcar na sua dieta diária. Nos dias de hoje, nossa civilização é consumidora de milhares de toneladas de açúcar branco por dia. Uma geração de obesos calvos e propensos a problemas do coração.

Muitas doenças modernas são produtos dessa alimentação desequilibrada e altamente química como arteriosclerose, problemas de pele, distúrbios glandulares, cáries dentárias (e outras doenças da boca), leucemia, diabetes, varizes, enxaquecas, insônia, asma, pressão alta, prisão de ventre, problemas de crescimento, osteoporose.
Açúcar branco não é alimento

O açúcar refinado branco não existe na natureza. É o resultado de um processamento químico que retira a sacarose branca da garapa, adicionando produtos químicos altamente cancerígenos. Quando as fibras, proteínas, sais minerais e vitaminas são retirados da garapa, resta apenas o carboidrato pobre e isolado.

Não é um alimento e, sim, um produto químico.

O excesso de açúcar, além da quantidade exorbitante de quilos extras, pode provocar problemas no fígado, doenças cardíacas e câncer. De acordo com cientistas, que escreveram um artigo na revista Nature – A verdade tóxica sobre o açúcar – ele é tão venenoso para o organismo como o cigarro e o álcool.

O açúcar adicionado a todos os produtos industrializados é o grande responsável pelo aumento de doenças como o câncer, a obesidade e as diabetes.

Cientistas defendem que os governos criem taxas para elevar o preços dos alimentos industrializados cheios de açúcar, para inibir o consumo. Eles defendem também que esses produtos não sejam vendidos em escolas, e, fora delas, que haja restrições de idade para a sua comercialização.

Recomendamos vivamente o livro: ” Sugar Blues” o gosto amargo do açucar”, do norte-americano William Duftv, Editora Ground.


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*