Procurar Notícia

Ambev demite funcionário após publicação homofóbica em rede social

Um funcionário da fabricante de bebidas Ambev foi demitido após fazer comentários homofóbicos em uma rede social. O ato aconteceu depois da notícia que um casal gay foi impedido de alugar um imóvel no Rio de Janeiro.

O funcionário, que não teve o nome revelado e nem sem local de trabalho, escreveu que não alugaria a sua residência para homossexuais, acrescentando ainda que pessoas homossexuais “nem são gente, uma raça maldita”, além de palavras de baixo calão.

Um grupo em apoio aos LGBTI+ dentro da empresa recebeu a queixa e repassou à direção, que imediatamente desligou o funcionário. A notícia foi dada pela revista “Exame”, e confirmada pelo EXTRA.

Em nota, a companhia afirma que “não aceita que as pessoas faltem com o respeito ou sejam preconceituosas”, e reforçou que “sempre apoiará o respeito e todas as formas de amor”. A empresa não quis divulgar o nome, o posto e nem o estado que o tal funcionário estava alocado.

Veja a nota na íntegra da fabricante:

“A Ambev não aceita, em hipótese alguma, que as pessoas faltem com o respeito ou sejam preconceituosas. Esse comportamento não é tolerado por nós. O funcionário já não faz parte da companhia. Reforçamos que sempre apoiaremos o respeito e todas as formas de amor“. (Extra)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*