Procurar Notícia

Bolsonaro confirma saída de Alvim e diz repudiar ‘ideologias totalitárias’

O presidente Jair Bolsonaro publicou uma série de tweets hoje (17) que confirma a saída de Roberto Alvim do cargo de secretário especial da Cultura. Alvim foi defenestrado da posição após citar trechos de uma fala do ministro da Propaganda de Hitler, Joseph Goebbels.

“Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência”, escreveu o presidente.

Bolsonaro disse ainda que repudia ideologias totalitárias e genocidas, “como o nazismo e o comunismo, bem como qualquer tipo de ilação às mesmas. Manifestamos também nosso total e irrestrito apoio à comunidade judaica, da qual somos amigos e compartilhamos muitos valores em comum”. (Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*