Procurar Notícia

Polícia aponta indícios de fraude na carta em que o filho de Flordelis confessa morte de pastor; parlamentar é suspeita

A deputada federal Flordelis dos Santos de Souza (PSD) é suspeita de fraudar a carta em que o filho assume a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da parlamentar. A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo e o Ministério Público estadual encontraram indícios de que ela fez parte de um “esquema de fraude de provas”.

Informações obtidas dos celulares de Flordelis e de duas netas levantaram suspeita sobre a veracidade da carta escrita por Lucas Cezar dos Santos, na qual ele confessou ter participado do assassinato, o que sempre havia negado. As informações são do Extra.

Na suposta confissão, Lucas acusou de ter participado do crime o vereador Wagner Andrade Pimenta, seu irmão, que é mais conhecido como Misael. Filho afetivo de Flordelis, Misael acusa a mãe de ser a mentora intelectual da morte do pastor.

De acordo com o jornal, o promotor Sérgio Luís Lopes Pereira afirmou, em documento enviado à 3ª Vara Criminal de Niterói no último dia 9, que as apreensões dos telefones celulares mostraram uma farsa envolvendo a deputada, referindo-se à carta. Numa entrevista à TV Globo em setembro, Flordelis disse ter recebido da mulher de um preso a carta escrita por Lucas. Contudo, a parlamentar teria conseguido pagar pelo silêncio do filho, que está preso.(Bocão News)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*