Procurar Notícia

Operação prende policiais civis baianos após denúncias de tortura

Quatro membros da Polícia Civil da Bahia foram presos na tarde de ontem (7), em Salvador. De acordo com informações apuradas pelo Metro1, as prisões foram efetuadas na sede da Polícia Civil, de forma discreta e a principal acusação é de prática do crime de tortura durante apurações.

Participaram da ação membros do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia (Sindpoc), o delegado-corregedor José Fernando Oliveira e a delegada Maria Selma, do Departamento de Crimes Contra o Patrimônio (DCCP).

Em áudio que circula em grupos de militares, o ex-presidente Sindpoc, Marcos Maurício, afirma que os mandaos de prisão contra os agentes de segurança pública são de prisão temporária – que tem prazo de cinco dias e pode ser renovado por prazo de igual período.

“Se a imprensa souber, vai ficar malucando a imagem. […] A imprensa pode querer macular a imagem dos colegados. Vamos acompanhar e tenho certeza que a inocência deles será provada”, afirma. 

O Metro1 tentou contato com as autoridades policiais, mas não obteve retorno.(Metro1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*