Procurar Notícia

Victor Ramos pode ser preso por não pagar pensão alimentícia à ex-mulher

O zagueiro Victor Ramos pode ser preso por não pagar pensão alimentícia à ex-mulher. Em intimação publicada a juíza de direito, Adriana Helena de Andrade Carvalho, da 7ª Vara de família, determinou que o jogador tem três dias para pagar o débito de R$ 12.521,35, referente aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2018. Caso a ordem não seja cumprida, ele pode ir para a prisão por um período de até um ano e três meses.

“Na verdade, ele deve 12 meses. Só que a primeira ação que você entra são as de execução cobrando os três últimos meses. E uma outra ação está tramitando cobrando o restante. Porque a ação que cobra os três últimos meses é mais célere, já que é uma ação de execução direta”, explicou o advogado Luciano Pontes, que defende os interesses da ex-mulher do jogador, em entrevista ao Bahia Notícias. “Se ele não pagar será expedido um mandato de prisão contra ele que pode ser efetuado na chegada dele ao treino, no caminho do estádio para um jogo”, completou.

Em 2018, a Justiça determinou que Victor Ramos pagasse pensão alimentícia no valor de R$ 4 mil durante o período de 12 meses à ex-mulher. Os dois se conheceram numa clínica odontológica, onde ela trabalhava. De acordo com o advogado Luciano Pontes, o casal iniciou um relacionamento e se casou em dezembro de 2017. Na época, o jogador pertencia ao Palmeiras, mas foi jogar no México. Por causa da distância, a mulher largou a profissão de dentista para acompanhar o atleta. Após se separarem, ela não tinha mais emprego e entrou com o pedido de pensão por um ano enquanto se organizava profissionalmente.

“Ele nunca pagou nada. Já foi pra Chapecoense, Goiás, já saiu do Guarani, depois Vitória e agora está no CRB. Agora saiu essa decisão de que ele tem que pagar os três meses fora as outras 12 prestações. Nós protocolamos outra ação hoje referente ao restante do alimento e tudo totaliza em torno de R$ 53 mil, fora o patrimônio dele que adquiriu e está ocultando e passando para o nome de familiares para não ter que dividir com ela”, afirmou o Luciano Pontes. “Só que ele é um cara que anda de Porsche de R$ 400 mil, anda postando nas redes sociais uma vida de ostentação quando ele diz que não tem nada, somente um apartamento na região de Alphaville [em Salvador]”, finalizou.

Em maio deste ano, Victor Ramos acertou com o CRB poucos dias depois de pedir a rescisão de contrato com o Vitória.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*