Procurar Notícia

Ateu, ex-militar que lutou no Afeganistão tentou o suicídio, mas foi salvo por Deus

A história de ex-combatentes de guerra muitas vezes é acompanhada por desfechos trágicos, visto que os traumas físicos e psicológicos acompanham essas pessoas, mesmo quando estão fora do campo de batalha. Um ex-militar americano que lutou no Afeganistão sabe exatamente o que é isso.

Bryan Flanery lutou pelo Exército dos Estados Unidos no Afeganistão e lá viu coisas terríveis que ficaram em sua memória. “Essas dores internas e externas o levaram à beira do suicídio”, informou a rede de TV CBN News.

O ex-militar contou que em dado momento, no quartel, decidiu cometer suicídio. Esse foi o caminho que ele achou melhor no momento para se livrar dos traumas da guerra, especialmente porque Bryan não acreditava na existência de Deus. Ele era ateu e por isso não cria na existência do mundo espiritual.

“Eu me sentei na cama, sorrindo pela primeira vez em dois anos, porque sabia que tudo estava quase acabando”, disse ele em entrevista ao Pure Talk.

Bryan, no entanto, estava enganado. Ele poderia ter acabado com a sua vida na terra, mas seu espírito teria outro destino. Felizmente, quis Deus por alguma razão que o destino do ex-militar fosse outro, e por isso usou um instrumento para salvar a sua vida.

Bryan havia tomado dois comprimidos para se suicidar. Ele estava no quartel, sozinho, quando um soldado entrou em seu quarto lhe chamando para jogar videogame. O colega viu que Bryan estava morrendo e rapidamente lhe prestou os primeiros socorros.

“Ele salvou minha vida”, disse Bryan, que depois de salvo ingressou no REBOOT Combat Recovery, uma instituição cristã que leva ajuda à famílias de ex-combatentes. A partir dai o ex-militar viu que Deus é real e havia interferido para salvar a sua vida usando um colega soldado.

De volta aos Estados Unidos, Bryan se formou em Serviço Social, teve quatro filhos e se tornou voluntário do programa de acolhimento aos ex-combatentes. Hoje ele conta o seu testemunho de vida, incluindo a sua fé em Deus, para salvar a vida de outros ex-militares.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*