Procurar Notícia

Elton valoriza presença do VAR na final do Baianão: ‘Veio para ajudar’

A novidade da final do Campeonato Baiano deste ano entre Bahia e Bahia de Feira será a presença do árbitro de vídeo (VAR). O artifício estará à disposição já neste domingo (14), quando as equipes se enfrentam no Joia da Princesa, em Feira de Santana. Para o volante Elton, o uso da ferramente será muito importante para evitar erros. 

“Muito importante, creio que veio para ajudar o futebol. Só que nós jogadores, árbitro, temos que ter consciência. Não adianta ficar ali em cima do árbitro que ele vai esperar a decisão do vídeo. Na minha opinião, o VAR veio para ajudar. Tinha jogo que o time ganhava e era injustamente, estava impedido. E hoje se for ver certinho não tem como cometer esses erros. No meu modo de ver veio para agregar”, afirmou.

O volante do Esquadrão fez elogios ao adversário, mas ressaltou que a equipe da capital vive um momento de confiança após a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil e o novo comando técnico.

“Eles fizeram uma boa campanha no Baiano não só pelo campo, mas por mérito deles. Independente disso creio que vai ser um bom jogo porque a equipe deles está bem treinada, bem montada e organizada. E a nossa também, que está confiante depois da classificação e troca do técnico. O primeiro jogo vai ser bom e depois tem que decidir em casa. Temos que saber que o campeonato não acaba lá. É fazer um grande jogo lá e finalizar na nossa casa”, destacou.

Elton também falou sobre a dura sequência de partidas que o Bahia e apontou a falta de tempo para treinar, mas deixou claro que a equipe tem condições de assimilar rapidamente a filosofia de Roger Machado.

“Eu cheguei ano passado, e desde que cheguei o calendário é de bastantes jogos para o Bahia. Esse ano não é diferente, um jogo atrás do outro. Às vezes não dá para treinar, colocar a parte tática dentro de campo. Mas nossa equipe está preparada. A gente tem jogadores inteligentes, que pega rápido esse sistema novo do Roger. E a gente já conseguiu pegar o sistema de Roger, impor o ritmo que ele gosta. É concentrar e viver cada jogo”, pontuou. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*