Procurar Notícia

O que a sua unha pode dizer sobe a sua saúde

Muito além do esmalte e da nail art. Além de proteger as mãos, as unhas também denunciam alguns sintomas que o seu corpo está sofrendo. Entre os diagnósticos: deficiência de nutrientes, melanoma, anemia… Para ajudá-la elaboramos um guia que revela qual é a sua situação:

1. Listras acastanhadas


Diagnóstico: melanoma
Sim, do mesmo jeito que você fica de olho nas manchas da sua pele, é preciso fazer o mesmo com as unhas. Melanoma, o tipo mais grave de câncer de pele, pode aparecer na camada das suas unhas – frequentemente expostas ao sol – e passar despercebido. Qualquer tipo de pigmentação assimétrica pode ser um sinal da doença, mas o melanoma em unhas, geralmente, se parece com uma faixa vertical pigmentada que se estica até a cutícula.

2. Linhas brancas

Diagnóstico: deficiência de nutrientes
Faixas brancas horizontais que abrangem toda a unha são chamadas de linhas de Muehrcke. A causa provável: deficiência de proteína ou zinco. Nada que um check-up mensal com o seu médico não possa resolver. Em casos mais raros, a linha pode sinalizar problemas mais sérios como doença renal ou problemas de fígado.

3. Sulco vertical (fissura)


Diagnóstico: idade
Se você notar sulcos verticais e aspereza aparecendo em suas unhas – sinal que não aparecia há alguns anos atrás, provavelmente, não é nada mais do que o efeito do envelhecimento. No mundo das unhas, essas seriam as famosas rugas.

4. Unhas côncavas


Diagnóstico: deficiência de ferro ou anemia
Esta deformidade não é sutil. Por isso, é fácil de notar que algo está errado. As chamadas “unhas colher” acontecem devido a uma deficiência de ferro. Neste caso, a ponta fica tão fina que se torna côncava. Em circunstâncias muito raras, o sintoma pode estar associado a doenças da tireoide e a problemas cardíacas.

5. Unhas quebradiças ou secas


Diagnóstico: fatores externos
Unhas rachadas, quebradiças e sem força. Na verdade, se você vai à manicure com frequência ou mexe com muita água ou produtos de limpeza em casa, esses sintomas são comuns. Porém, se ele persistir, isso pode ser um sinal de problemas na tireoide. Por isso, procure o seu médico. (Boa Forma)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*