Procurar Notícia

Juazeiro: Casal acusa maternidade em caso de bebê que perdeu movimento de braço

Um casal de Casa Nova, no Sertão do São Francisco, acusa uma maternidade de Juazeiro, na mesma região, de negligência médica no parto do filho. Segundo a TV São Francisco, o bebê sofreu fraturas nos dois braços, perdendo o movimento de um deles. Os pais da criança, Dyego Pinheiro e Edilene Oliveira, disseram que o parto foi forçado pelo médico. Edilene contou que o médico responsável pelo parto declarou que ela teria de fazer uma cesárea, por conta do peso da criança. Em nota, a secretaria de saúde de Juazeiro afirmou que o parto da gestante, feito na Maternidade e Hospital da Criança de Juazeiro, era feito com normalidade, mas na fase final aconteceu uma distorção do ombro do bebê, fato este que seria imprevisível. Por conta do problema, a criança, junto com a mãe, teve de ficar por cerca de 15 dias na maternidade. Os pais do bebê ainda acusam a maternidade de não oferecer nenhuma assistência após a alta médica. A secretaria, no entanto, disse que ofereceu assistência à família. A pasta declarou que o bebê foi acompanhado por um neonatologista, passou por ortopedista, fez radiologia e teve o braço imobilizado. Ainda segundo a secretaria, já estava prevista uma consulta de avaliação com especialista em braço, mas a família teria dito que não faria mais o acompanhamento do bebê no Cerpris. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*