Sérgio Moro se afasta da Lava Jato e não julgará mais Lula

O juiz Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite para ser ministro da Justiça do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) e, por isso, deixará de comandar a Operação Lava Jato no Paraná. Com a decisão de se afastar do Judiciário, Moro não julgará mais Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ex-presidente é réu em dois processos da Lava Jato. Em 14 de novembro, ele seria interrogado por Moro na ação que apura a compra do sítio de Atibaia. O segundo processo que tem Lula como réu no Paraná está relacionado a compra de um terreno onde seria construída uma nova sede do Instituto Lula – que não chegou a ser erguida – e de um apartamento vizinho ao do ex-presidente em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Sergio Moro anunciou que desde já está afastado das novas audiências. (G1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*