Justiça nega pedido de liberdade de viúva da Mega-Sena

Outro pedido de liberdade de Adriana Ferreira Almeida Nascimento, conhecida como viúva da Mega-Sena, foi negado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes. A decisão foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico na quinta-feira (18). A defesa de Adriana recorreu à condenação da 2ª Vara Criminal de Rio Bonito na tentativa de conseguir a liberdade provisória enquanto outros recursos estão sendo julgados. Acusada pelo assassinato do marido, Rennê Senna, morto em 2007, dois anos após ganhar o prêmio de R$ 52 milhões, Adriana foi apontada como mandante do crime. Ela foi condenada a 20 anos de prisão, em dezembro de 2016 e cumpre pena no Complexo de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*