Saiba quantas horas deve dormir por dia conforme a sua idade

A maioria dos indivíduos sabe que é fundamental para a saúde física e mental dormir uma boa noite de sono, mas – infelizmente – poucos conseguem passar oito horas debaixo dos lençóis. Mais ainda, estimulantes como o café, chá preto e verde, bebidas energéticas, luzes, despertadores e aparelhos eletrônicos tendem a prejudicar e a interferir com o ritmo circadiano, ou relógio biológico. Apesar de reconhecerem que a qualidade do sono é sobretudo afetada pelo estilo de vida e a saúde de cada indivíduo, um painel de especialistas da National Sleep Foundation, um instituto de pesquisa sem fins lucrativos nos Estados Unidos com sede em Arlington (no estado da Virgínia), publicou recomendações gerais, divulgadas pela BBC News, sobre quantas horas de descanso são necessárias de acordo com cada faixa etária.

Diretrizes:

- Recém-nascidos (0-3 meses): o ideal é dormir entre 14 a 17 horas por dia, embora também seja aceitável um período entre 11 a 13 horas. Não é aconselhável dormir mais de 18 horas.

- Bebês (4-11 meses): Recomenda-se que o sono dure entre 12 e 15 horas. Também é aceitável um período entre 11 e 13 horas, mas não mais do que 16 ou 18 horas.

- Crianças pequenas (1-2): não é aconselhável dormir menos de 9 horas ou mais de 15 ou 16 hora. É recomendável que o descanso dure entre 11 e 14 horas.

- Crianças em idade pré-escolar (3-5): 10-13 horas é o mais apropriado. Especialistas não recomendam dormir menos de 7 horas ou mais de 12 horas.

- Crianças em idade escolar (6-13): o aconselhável é dormir entre 9 e 11 horas.

- Adolescentes (14-17): Devem dormir em torno de 10 horas por dia.

- Adultos jovens (18-25): 7-9 horas por dia. Não devem dormir menos de 6 horas ou mais do que 10 ou 11 horas.

- Adultos (26-64): O ideal é dormir entre 7 e 9 horas, embora muitos não consigam.

- Idosos (65 anos ou mais): o mais saudável é dormir 7 a 8 horas por dia. (Notícias ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*