Procurar Notícia

Deputados federais baianos gastam R$ 60 milhões em quase quatro anos com cota parlamentar

No próximo dia 7 de outubro, os 10 milhões de eleitores baianos escolherão seus representantes para presidente da República, governador, senador, deputado federal e estadual. Na Câmara dos Deputados, são 39 cadeiras destinadas à Bahia. É função do legislador federal, além de propor e aprovar leis, fiscalizar e controlar as ações do Poder Executivo. De janeiro de 2015 até este mês de setembro, os deputados federais custaram R$ 60 milhões os cofres públicos com a cota para o exercício da atividade parlamentar. Cada legislador da Bahia em Brasília tem um limite de R$ 39.010,85. De acordo com ato da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, a verba é destinada a despesas com passagens aéreas; telefonia; serviços postais; manutenção de escritórios de apoio à atividade parlamentar; assinatura de publicações; fornecimento de alimentação ao parlamentar; hospedagem; outras despesas com locomoção, contemplando locação ou fretamento de aeronaves, veículos automotores e embarcações, serviços de táxi, pedágio e estacionamento e passagens terrestres, marítimas ou fluviais; combustíveis e lubrificantes; serviços de segurança; contratação de consultorias e trabalhos técnicos; divulgação da atividade parlamentar, exceto nos 120 dias anteriores às eleições; participação do parlamentar em cursos, palestras, seminários, simpósios, congressos ou eventos congêneres; e a complementação do auxílio-moradia. O levantamento realizado pelo BNews junto ao site da Câmara dos Deputados mostra que o deputado Afonso Florence (PT) foi o parlamentar que mais gastou nestes quase quatro anos de legislatura. O petista teve um dispêndio de R$ 1.708,284,30. Em seguida, com gasto de R$ 1.703.644,71, está Sérgio Brito, do PSD. Em quarto lugar, Daniel Almeida (PCdoB) registrou uma despesa de R$ 1.693.145,84. Além da cota parlamentar, os parlamentares têm um salário de R$ 33.763, auxílio-moradia de R$ 4.253,00 ou apartamento de graça para morar, e verba de R$ 101,9 mil para contratar até 25 funcionários. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*