13 anos depois, um dos líderes do assalto ao Banco Central é preso

Um dos líderes do assalto milionário ao Banco Central em Fortaleza, Raimundo Laurindo Barbosa Neto foi preso em Boa Viagem, a 222 quilômetros de Fortaleza, 13 anos depois do crime. A prisão foi feita pela Polícia Civil, que investiga Raimundo Laurindo por integrar grupo criminoso especializado em roubo a instituições financeiras e a veículos de transportes de valores. Raimundo fez exames de corpo de delito e foi transferido para Fortaleza.O assalto ao Banco Central aconteceu em agosto de 2005, quando uma quadrilha roubou R$ 164,7 milhões, através de um túnel de 80 metros. Raimundo foi julgado pela participação no crime e condenado a 17 anos de prisão em regime fechado.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*