Definição de proporcional de Zé Ronaldo depende de aliança com dois partidos

Tendo este domingo como último dia para enviar informações sobre a composição de suas coligações ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o candidato do DEM ao governo da Bahia, Zé Ronaldo, depende de dois partidos para poder definir como serão as proporcionais do grupo para os candidatos a deputado estadual. Segundo informações obtidas pelo Bahia Notícias com um nome que acompanha as negociações, essas duas siglas, cujos nomes são mantidos em segredo para não atrapalhar as conversas, vão definir somente hoje se darão, ou não, apoio ao democrata. Caso resolvam fazer a aliança, elas ainda precisam dizer como querem a proporcional. Há duas opções sendo discutidas: um chapão com todos os partidos, proposta defendida pelos partidos maiores, ou duas chapas – uma formada pelas legendas grandes e outra pelas agremiações menores. (BN)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*