Comitê de Direitos Humanos da ONU cobra que governo brasileiro assegure candidatura de Lula

O Comitê de Direitos Humanos da ONU solicitou hoje (17) que o Brasil garanta direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão e não o impeça de concorrer na eleição de outubro. O pedido ressalta que a candidatura do petista seja restabelecida até que sejam completados todos os recursos da condenação. A manifestação aconteceu a partir de pedido da defesa de Lula, apresentado no fim de julho deste ano. Preso desde abril no âmbito da Operação Lava Jato, o ex-presidente foi registrado como candidato do PT à Presidência da República para as eleições que acontecem em outubro deste ano. A candidatura ainda terá que passar pelo crivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em nota divulgada pelo órgão, o comitê da ONU a recomendação para o Brasil é a de que "não o impeça de concorrer nas eleições presidenciais de 2018 até que seus recursos ante as cortes sejam completados em procedimentos justos". (M1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*