Wesley Safadão não descarta virar cantor gospel: “Se Deus quiser”

Wesley Safadão é o maior nome do “forró eletrônico” e continua sendo um dos mais populares artistas do Brasil. Aos 29, porém, ele tenta levar uma vida diferente das mensagens que canta em suas músicas. Ele define-se como “um homem de família”, mas ao mesmo tempo vive uma fase turbulenta com a ex-mulher e briga por pensão. Seu relacionamento com Mileide Mihaile gerou um filho, que vive com a mãe, que reclama da tentativa do cantor de não querer aumentar a pensão. Na sexta (27) a Justiça determinou que o valor recebido pelo menino suba de R$ 9 mil para R$ 38 mil por mês. Safadão diz que está sendo injustiçado pela ex. Chegou a publicar um vídeo em uma rede social no qual se defendeu e chorou. “Procuro ser um pai com P maiúsculo, jamais deixaria faltar nada”, disse ele à Folha de SP. A relação com a atual esposa, Thyane Dantas, está firme. Eles têm uma filha e esperam outro. Ambos já disseram querer outros; “um a cada três anos”, se possível. O casal se batizou no ano passado e o cantor afirma que, em casa, o que ele ouve é música cristã. Amigo de artistas gospel como Davi Sacer e Daniela Araújo, Wesley já publicou nas suas redes sociais vídeos onde canta louvores, alguns ao lado de Thyane.

Isso gerou uma expectativa que ele pudesse enveredar no futuro pelo segmento. Contudo, seu sucesso ocorreu justamente por cantar músicas onde defende um estilo de vida oposto aos valores da família. Ele diz que não vê contradição. “Tem gente que critica o fato de eu cantar e ser cristão. Mas não ligo. Estou em lugares onde pastores não conseguem ir. Sinto paz com isso”, minimiza. Porém, não descarta uma mudança no rumo da carreira. “Se amanhã ou depois, Deus quiser que eu cante outra coisa, em outro lugar, eu canto.” (por Jarbas Aragão - Gospel Prime)


0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*