Enxaquecas em homens está relacionado aos níveis de estrogênio

A enxaqueca é uma dor insistente que pode atrapalhar atividades comuns do dia a dia como, por exemplo, a concentração no trabalho. De acordo com uma equipe do Centro Médico da Universidade de Leiden, na Holanda, os homens são três vezes menos propensos a ter enxaqueca por causa da quantidade e estrogênio no sangue. Um estudo realizado pelo grupo e publicado na revista Neurology mostrou como os homens que sofrem de enxaqueca tem uma quantidade maior de estrogênio no sangue do que aqueles que não possuem histórico do distúrbio. 

Os pesquisadores coletaram dados de sete homens saudáveis que relataram sofrer cerca de três enxaquecas por mês e 22 que não costumam sentir dor. Foram medidos os níveis de testosterona e esteradio (uma forma do estrogênio) quatro vezes ao longo do dia e compararam os dados. Não foi apresentada nenhuma diferença na concentração de testosterona entre os participantes, no entanto, os níveis de testosterona tinham relação direta com a frequência das dores de cabeça. O estrogênio é um hormônio que apresenta grande concentração no organismo das mulheres, ele é o responsável pelo controle da ovulação e desenvolvimento das características femininas, controlando também a menstruação e a menopausa. É comum, por exemplo, encontrar mulheres reclamando de enxaqueca durante o período menstrual. 

Até então, não havia um estudo que relacionasse a mesma de relação de causa e efeito nos homens, que produzem uma quantidade muito menor do hormônio. De acordo com a revista Super Interessante, a equipe entende que o número analisado é muito baixo para que seja feita uma conclusão efetiva. No entanto, eles acreditam que em futuros testes, que estudam a relação entre o hormônio feminino e a dor de cabeça, as respostas se repitam.

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*