Continuou a tomar a pílula por não saber que estava grávida. E agora?

Até que o atraso no período seja muito prolongado, poucas são as que põem de imediato a possibilidade de estarem grávidas e por isso, naturalmente continuam a tomar a pílula contraceptiva. Pelo contrário, engravidar enquanto se toma a pílula tem uma probabilidade mínima,mas acontece em certos casos, por exemplo pela toma de algum medicamento que iniba o bom funcionamento da pílula ou pelo esquecimento da sua toma por alguns dias. Nestes casos, e na existência de um feto, não há contudo problemas caso se continue a administrar o comprimido de contracepção oral, embora seja de se evitar, aponta o Self, que aconselha à imediata confirmação da gravidez, caso se desconfie de uma possível gravidez. A falta de riscos à saúde do futuro bebé foi confirmada num estudo avançado pela Mayo Clinic, que refuta os dados apresentados por anteriores estudos que haviam apontado a possível associação entre toma continuada da pílula e recém nascido com peso abaixo do considerado saudável. (Noticías ao Minuto)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*