Procurar Notícia

TCU aprova contas de Temer, mas aponta risco de paralisia da máquina pública

O TCU (Tribunal de Contas da União) aprovou hoje (13) as contas de 2017 do presidente Michel Temer. Apesar do parecer favorável, a Corte fez 23 ressalvas sobre as falhas encontradas no balanço-geral da União e na execução dos orçamentos públicos. Agora, o relatório do ministro Vital do Rêgo, já aprovado pelos demais integrantes da corte, vai ver enviado ao Congresso, que vai julgar as finanças sob a responsabilidade do presidente. O tribunal fez quatro alertas e 24 recomendações para corrigir os problemas apontados. Os auditores apontam que, caso o ritmo de crescimento das despesas obrigatórias seja mantido, em seis anos, o governo vai ficar sem recursos para fazer gastos discricionários. Outro problema apontado pelo TCU é o risco de descumprimento regra de ouro, que impede que a União se endivide para pagar despesas correntes. Em um cenário em que o governo deveria buscar aumento de receitas, o tribunal também aponta para o crescimento das renúncias tributárias, que saltaram de 3,4% do PIB (entre 2003 e 2008) para 5,4% do PIB em 2017. (M1)

0 comentários:

Postar um comentário

©Site fundado: 09/10/2008 - Por: *Valter Egí - Todos direitos reservados à Jacobina News*